06/01/2020

A Gestão de Obras Públicas foi criada pela Câmara do Porto a 9 de agosto de 2000, com a restrita função de assegurar a gestão de obras públicas para a autarquia portuense e para outras entidades, públicas ou privadas. Foi, também, a primeira entidade do universo municipal a obter a certificação do seu Sistema de Gestão da Qualidade.


Em 2016, a empresa viu o seu perímetro de atuação ser alargado à gestão, promoção e exploração do património não habitacional, das infraestruturas e equipamentos urbanísticos do Município do Porto, passando a designar-se GO Porto - Gestão e Obras do Porto.


A GO Porto passou, desta forma, a concentrar todo o ciclo de vida do empreendimento, fazendo-a evoluir de uma empresa meramente prestadora de serviços para uma empresa que, com a nova área de exploração, cumpre agora uma gestão a 360 graus.


Assim, a Gestão e Obras do Porto é atualmente responsável por projetos de grande valor acrescentado para a cidade: o restauro e modernização do Mercado do Bolhão e a inerente exploração do Mercado Temporário do Bolhão, a reabilitação do Cinema Batalha, a requalificação da Escola Secundária Alexandre Herculano e a construção do Terminal Intermodal de Campanhã.


Com 20 anos de experiência, a empresa tem realizado um grande número de intervenções nas mais variadas áreas: do ambiente, ao desporto, passando pela cultura e, incontornavelmente, pelos equipamentos públicos e vias de comunicação urbanas.


Totalmente orientada para o cliente, temos como missão a excelência das obras e equipamentos cuja gestão nos é requerida, utilizando para tal critérios de engenharia e gestão no estado da arte, que permitem obter a qualidade definida, respeitando os prazos e controlando os custos.


Nos próximos anos, a GO Porto tem sob sua responsabilidade acompanhar os projetos da reconversão do antigo Matadouro Industrial de Campanhã, a requalificação da Praça da Corujeira e a construção da nova ponte sobre o Rio Douro.