Parque Desportivo da cidade já tem um Skate Park
24-11-2019

Campeões do skate e também de breakdance participaram hoje na inauguração do Skate Park, nova e moderna infraestrutura que representa um investimento municipal da ordem dos 150 mil euros. A sua abertura e disponibilização à cidade permitirá avançar para a segunda fase de requalificação do Parque Desportivo de Ramalde, dotando-o de novas valências para mais modalidades.


"Este é um equipamento que a cidade reclamava há já vários anos. Está feito e bem feito, até porque foi projetado por um dos melhores especialistas nesta área", disse o presidente da Câmara, Rui Moreira, referindo-se ao arquiteto e skater Francisco Lopez "França", que assinou o projeto, em colaboração com vários skaters da cidade.

Também o secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, que acompanhou o autarca, considerou que "este é um equipamento magnífico e uma contribuição inequívoca para diversificarmos o desporto e a própria comunidade. Se há uns anos esta era uma atividade marginal e até nem muito bem entendida, o paradigma mudou radicalmente e o skate é hoje uma modalidade olímpica que entusiasma cada vez mais jovens".

Com uma área de 950 m2, que lhe permite acolher até 75 praticantes em simultâneo, o novo Skate Park integrado no Parque Desportivo de Ramalde foi pensado para permitir a evolução dos novos praticantes, mas também responder às exigências dos mais experientes, que ali vão poder encontrar uma oferta muito variada de obstáculos. Com efeito, o espaço tem duas plataformas com obstáculos (rampas, corrimões e muros) e uma zona central com estruturas características da modalidade. "Sei que vamos ter aqui muitos jovens a praticar este desporto, mas também vamos ter aqui professores a ajudar quem quiser iniciar-se nesta modalidade ou aperfeiçoar a sua técnica", sublinhou Rui Moreira.

Além disso, o Skate Park, que fica disponível a toda a comunidade de skaters, mas também a praticantes de patins em linha e BMX freestyle, oferece todas as condições para acolher competições dos mais diversos níveis técnicos, desde o nível iniciante ao profissional, tanto de âmbito regional como nacional.


Novas infraestruturas e valências para o novo Parque Desportivo da Cidade

Contando com a presença de vários skaters e a atuação dos Momentum Crew, grupo de b-Boys do Porto que se sagrou Campeão Mundial de Breakdance, a cerimónia de inauguração teve ainda uma dupla importância para a prática desportiva na cidade, já que Rui Moreira anunciou que "depois da abertura deste equipamento, vamos dar início à segunda fase de requalificação do Parque Desportivo de Ramalde, aproveitando a ótima localização desta infraestrutura e as suas condições excecionais".

A empreitada, gerida pela empresa municipal GO Porto, representou um investimento do Município na ordem dos 150 mil euros e vem assim somar-se à profunda reabilitação a Câmara do Porto concretizou no antigo "Campo de Ramalde" (INATEL), como era conhecido e que esteve durante vários anos ao abandono até passar para o controlo do Município.

Recuperado pela autarquia e devolvido com boas condições aos clubes e atletas da cidade, em abril de 2017, após um investimento que rondou os 700 mil euros, este parque atravessou várias obras que permitiram dotá-lo de uma nova pista de atletismo em tartan com 6 corredores e medidas oficiais; campo de relva sintética para a prática de futebol de 11, futebol de 7 e de rugby; 4 novas torres de iluminação, com 2 níveis de luminosidade (treino e competição). E beneficiou ainda obras de melhoria no edifício de apoio, balneários e áreas técnicas.

A esse investimento, no valor global de 678 mil euros, juntou-se um valor próximo dos 55 mil euros para a aquisição de material de atletismo.

Entretanto, conforme foi revelado hoje pelo presidente da Câmara, é agora possível avançar para a fase 2 do Parque Desportivo de Ramalde.

Aberto que está à comunidade o Skate Park, vai então ser lançado o concurso de empreitada para a segunda fase de requalificação e ampliação do Parque Desportivo de Ramalde, num investimento de mais de 2 milhões de euros.

Contemplada na vertente de promoção do desporto do orçamento municipal para 2020, esta segunda fase prevê a construção de um novo campo de futebol e rugby, bem como a criação de uma zona de lançamentos e tiro com arco. Será também construído um edifício de apoio com balneários e áreas técnicas, além de serem remodelados os os balneários existentes.